12 de mai de 2016

MÚSICAS QUE GOSTAMOS EM SEGREDO (agora não mais em segredo)


Minha relação com a música começou cedo na adolescência, quando passei a me interessar mais sobre, pesquisar músicas que tinha ouvido na rádio (muitas vezes esperando a própria programação da rádio toca-lá novamente) ou assistindo MTV, comprando revistas, conhecendo mais os cantores e seus respectivos videoclipes... Tudo isso culminou na formação do meu estilo musical.


Todos nós temos um estilo musical preferido ou um cantor/cantora/banda/grupo que gostamos mais em contrapartida a outros; aquela música que temos orgulho de gritar "MINHA MÚSICAAAAA" sempre quando toca na balada. Mas o post de hoje é um pouco diferente, não vou falar necessariamente de uma música que temos orgulho, mas sim de músicas que gostamos em segredo. 


Aquela música que você não tem coragem de assumir que gosta, por motivos de "o que será que vão pensar de mim?”.

É normal nós como seres humanos termos essas besteirinhas de não querer assumir as coisas, uma delas alguns gostos musicais que acabam fazendo parte de nossa vida. Mas que por algum motivo ou outro preferimos manter em off.

Fato é que todos têm alguma música que se enquadre nesta categoria, seja por motivos de lembrar algum momento especifico da vida ou pela música ser tão chiclete e grudar na cabeça, ou até mesmo alguma música que nem seja tão segredo assim, mas que as pessoas ao redor não fazem ideia que você curta. E o motivo principal para esconder tal gosto: medo do julgamento alheio.


Selecionei 6 músicas que tenho (quer dizer, tinha) uma leve vergonha alheia em dizer que ouço e decidi compartilhar com vocês. Na verdade eu sou um pouco (talvez, bastante) previsível, não tem nada de "uau nunca imaginaria que o Henrique fosse gostar disso". Eu curto muito pop e essas músicas entram nesse estilo, mas o lance é que esse é um pop não assumido (um pop fora do meio) Segue a lista: 

1- Screwed - Paris Hilton

Como falei acima temos umas besteirinhas de assumir as coisas né, mas sério, acho que retiro essa frase neste exato momento. É bem complicado assumir, pois é Paris Hilton né amigos! Precisa falar mais alguma coisa? Alguns vão até perguntar: mas ela "canta?" e eu respondo sim canta, e eu adoro.
Refrão chiclete, batidas pop - Já curti :x



2- Come Clean - Hilary Duff  

Foi uma das primeiras músicas que gostei quando adolescente e também o primeiro single lançado por Hilary. Sei a letra toda! Canto sempre (em segredo, claro) pois não tenho uma boa voz para tal fim - os amigos que já me ouviram cantar vão concordar comigo.



3-  Permanent December - Miley Cyrus


Fase da Miley antes de virar "porra louca". Até esses dias atrás, lembrei que gostava dessa música e passei uma semana ouvindo ela sem parar. Quando eu gosto eu tenho isso de colocar no repeat 10394949 vezes. 


(não existe clipe oficial da música)

4- I Want Candy – Aaron Carter

Talvez muitos lembram dessa, pois é um clássico da música pop. Existem milhões de remix dessa música, mas a boa mesmo é a original. Saudades Aaron Carter, esse semi príncipe do pop dos anos 90! 



5- Bring It All Back – S Club 7

Alguns podem não conhecer, mas S Club 7 era uma banda que foi criada pelos mesmos empresários das Spice Girls. Os integrantes participaram de um seriado chamado “Miami 7” que era exibido pelo canal Nickelodeon no começo dos anos 2000. Eu não perdia um episódio. Essa música específica fazia parte da trilha sonora da série, era o tema de abertura; sempre que escuto bate uma nostalgia na hora.  



6- Popozão – Kevin Ferdeline

Deixei essa por último, pois acho que é a música que mais representa essa pauta. Kevin Ferdeline, é o ex-marido de Britney Spears, na época almejando usufruir do sucesso da princesinha tentou sem nenhum êxito se lançar na carreira de rapper. Seu primeiro single foi Popozão (que tem versos cantados em português). A letra da música é ridícula, na verdade eu não gosto dele, mas aposto com você que se depois de ouvi-lá, no decorrer do seu dia você não vai se pegar cantando "gatinha sai do chão vai descendo o popozão..."


(não existe clipe oficial da música, por motivos de: o fracasso foi tanto que nem deu tempo de gravar o clipe antes)

Para não passar vergonha sozinho, convidei alguns amigos para assumirem seus "dirty little secret". O resultado foi melhor que eu esperava! Comecemos a TERAPIA EM GRUPO:






Revelados todos os segredos, termino por aqui, dizendo que gosto musical é muito relativo, eu tenho o meu, você tem o seu, e isso que é o legal na música, essa variedade de gêneros para atender os diversos gostos. Cada ouve o que gosta, sem julgamos e sem preconceitos.

E aproveito para agradecer todos meus amigos que aceitaram participar. Botão gratidão para vcs :)) 

2 comentários:

  1. Não conhecia várias! Mas Come Clean era e É uma das minhas adoradas da vida. Até hoje ouço músicas da Hilary como Stranger. As letras são bacanas, com mensagens interessantes, ainda que, por vezes, meio pueris, e é uma delícia de sentir nostalgia com algo de conteúdo que preste. Gosto desse tipo de música em REVELAÇÃO mesmo, rs. E adorei conhecer algumas que, de fato, não tinha ouvido falar.

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa! Que bom ver você por aqui, fico feliz que gostou do post. A intenção era mesmo ser bem nostálgico e revelar para alguns músicas que poderiam ser desconhecidas. Beijos

      Excluir